esq_01.jpg
meio_01.jpg
dir_01.jpg

Newsflash

Estudo do Instituto Nacional do Câncer indica que homens possuem mais chances de desenvolver câncer do que as mulheres.

Segundo um Press release da Agência INCA de Notícias, os Homens tem 77% mais chances de desenvolver câncer, em média, do que as mulheres. A conclusão é de estudo feito pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), que chegou a esse número excluindo os cânceres relacionados com o sexo do paciente (próstata, mama, ovário e útero).

O INCA também descobriu que a probabilidade de um homem morrer de câncer é 85% maior do que entre as mulheres, devido ao fato dos homens se exporem mais aos fatores de risco da doença, como tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas, obesidade, dieta desequilibrada (rica em gorduras e pobre em fibras) e sedentarismo.

Clique aqui para ler a notícia completa no site do INCA.

Home Exames oferecidos Oncologia molecular
PDF Imprimir E-mail

Mutações no Gene EGFR

Aplicação Clínica:

Identificação de mutações nos exons 19 e 21 (acima), no domínio tirosina quinase de EGFR de tumores do pulmão (NSCLC) com padrão adenocarcinoma, bronquíolo-alveolar, tumores de histologia mista, mas não carcinoma epidermóide puro, estão relacionados com dramática reposta quando tratados com inibidores de tirosina quinase como Erlotinib e Gefitinib (Tarceva® e Iressa® respectivamente).

Preparo:

Não há preparo.

INDISPENSÁVEL trazer formulários "Termo de Consentimento Livre-Esclarecido para Testes Genéticos" e "Solicitação de Exame: Oncologia Molecular", sendo que o último deve estar preenchido e assinado pelo médico solicitante.

Para obter o formulário "Solicitação de Exame: Oncologia Molecular" clique aqui.

Para obter o formulário de consentimento clique aqui.

Amostra:

Bloco de parafina contendo tecido: Favor enviar relatório anátomo-patológico.

Fragmentos de tecido, biópsia ou peças cirúrgicas pequenas: fixados em formol tamponado a 10% em recipiente apropriado (O volume de formol para biópsias deve ser de 10 ml; para peças cirúgicas deve ser 3 X o seu volume).

Amostra Alternativa: Punção do tumor com controle citológico positivo.

Transporte:

Temperatura ambiente.

Rejeição:

Material com fragmentos insuficientes como biópsia.

Artefatos de fixação ou processamento do espécime.

Tecido encaminhado sem fixador.

Método:

Reação em Cadeia da Polimerase (PCR).

Referência:

Ausência de substituição 2573 G>T (L858R) e deleções parciais no exon 19 (2240del18; 2240del12; 2235del15) do gene EGFR.

Ausência de substituição T790M no gene EGFR.

Interpretação:

Auxílio na predição de resposta ao tratamento com Inibidores Tirosina Quinase (EGFR-TKIs), em carcinoma pulmonar de células não pequenas.